O macete no ENEM e em concursos públicos é citar Jean Wyllys

Nesta época de profunda doutrinação comunista no ENEM e nos concursos públicos, em especial Defensoria Pública e alguns Ministérios Públicos, conforme até já demonstrei[1] em outro artigo, o macete para passar é citar nas provas abertas e orais Jean Wyllys, do Partido do Socialismo e Liberdade(SIC)[2].

 

Pode parecer piada, mas um certo concurso TOP da área jurídica cobrou uma decisão de uma corte internacional de direitos humanos que descriminaliza o crime de desacato.

 

E Jean Wyllys tem projeto de Lei sobre o tema:

 

PL 602/2015

Explicação da Ementa
Estabelece o abuso de autoridade como um ato de improbidade administrativa e extingue o crime de desacato.

http://www.camara.gov.br/proposicoesWeb/fichadetramitacao?idProposicao=964537

 

 

NOTAS:

[1] http://conservadores.com.br/a-invasao-gramscista-da-banca-examinadora-do-concurso-do-ministerio-publico-federal/

[2] SIC, pois… é uma piada afirmar que existe um partido que seja socialista e a favor da liberdade ao mesmo tempo.

Rafael é autodidata. Não gosta de normas da ABNT. Não reconhece, nem valida o MEC. Não quer saber da nova ortografia.

Você poderá gostar disso:

Deixe uma resposta

Your email address will not be published. Required fields are marked *

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>